Pular para o conteúdo
Início » Melhor linha para bordar a mão

Melhor linha para bordar a mão

Olá pessoal, tudo bom! Vou falar hoje sobre a melhor linha para bordar a mão.

Gostaria de mostrar para vocês os diferentes tipos de linhas para bordado a mão. Basicamente podemos bordar com qualquer tipo de coisa e de fio. Tudo vai depender da nossa intenção, do nosso desafio e da textura que a gente quer.

Não desperdice tempo! Digite seu endereço de e-mail abaixo e desfrute das melhores orientações sobre bordados, ponto cruz e muitas outras informações fascinantes do universo do artesanato.

O legal do bordado livre é que ele pode servir como uma grande experimentação. Então você pode ir de repente no armarinho e ver uma linha bem como um fio que você achou bonito e experimentar abordar com ele. Claro se ele for de um calibre mais grosso, você vai precisar de uma agulha maior, se ele for muito fininho, você precisa de uma agulha mais fina ou às vezes a trama do tecido mais aberta. Você vai precisar adaptar isso, mas enfim.

Linhas Mouliné bordar a mão

Se você for no armarinho e pedir uma linha para bordado, o que você vai receber são as linhas de meadas chamadas de Mouliné, você encontrará de várias marcas, como por exemplo, Circulo, Anchor a DMC que é uma marca estrangeira que tem uma paleta de cores incríveis. Aliás, todas elas, né? Tem aquela paleta de cores maravilhosa.

A característica principal da linha Mouliné é sua composição de 6 fios. Então temos que pegar e separar um pedacinho que a gente quer para poder bordar. Não bordamos muito com 6 fios, porque o bordado fica muito grosseiro, a não ser que você vai fazer um preenchimento grande, nesse caso você pode usar os 6 fios.

Saiba mais: Tesoura para bordado: saiba como escolher

Bordar a mão com as linhas Perlé

Além da linha tradicional de bordado conhecida como Mouliné, há também uma alternativa fascinante chamada Perlé, que oferece uma abordagem única para adicionar textura e brilho às suas criações. A linha Perlé apresenta uma característica especial: uma torção sutil que diferencia significativamente a sua utilização em relação à Mouliné. Essa diferença cria um efeito distintivo no resultado final do bordado, abrindo um mundo de possibilidades criativas para os entusiastas dessa arte.

Ao contrário da Mouliné, a linha Perlé é composta por dois fios que estão firmemente torcidos juntos, formando uma unidade inseparável. Isso significa que, durante o processo de bordado, você não precisa separar os fios individualmente, pois eles permanecem juntos como uma única entidade. Essa característica resulta em uma linha mais espessa, proporcionando uma dimensão extra e uma textura notável às suas criações.

A torção única da linha Perlé contribui para sua aparência mais encorpada e tridimensional. À medida que você passa a agulha através do tecido, os dois fios torcidos se entrelaçam, criando uma superfície com profundidade e movimento.

A escolha entre a linha Mouliné e a linha Perlé dependerá do efeito que você deseja alcançar em seu bordado. Enquanto a Mouliné oferece detalhes finos e delicados, a linha Perlé traz uma presença mais marcante e texturizada. Ambas têm suas próprias vantagens e podem ser exploradas para criar efeitos diversos e empolgantes em seus projetos.

Linhas em novelos para bordados

Uma outra abordagem criativa para o seu bordado é o uso das linhazinhas de novelo, que são frequentemente associadas ao crochê delicado. Embora sejam mais conhecidas por esse propósito, essas linhas de novelo também podem ser uma escolha encantadora para enriquecer seus projetos de bordado. Essa técnica oferece um toque distintivo aos seus trabalhos e abre um leque de possibilidades artísticas.

As linhazinhas de novelo são fios finos e delicados, projetados para trabalhos manuais que requerem detalhes minuciosos. Uma característica notável das linhazinhas de novelo é que elas são compostas por um único fio. Isso significa que, ao bordar com essas linhas, você não precisa se preocupar em separar ou torcer fios, simplificando o processo. A natureza única do fio proporciona um efeito especial aos seus pontos, permitindo que cada detalhe seja realçado com uma sutileza e elegância singulares.

Portanto, considere as linhazinhas de novelo como uma adição bem-vinda ao seu conjunto de ferramentas de bordado. Ao explorar essa técnica, você está abrindo portas para novas possibilidades de expressão artística e criando obras que refletem a delicadeza e a dedicação de suas mãos habilidosas. Cada ponto que você coloca com essas linhas é uma celebração da sua habilidade e paixão pela arte do bordado.

Venha conferir: Agulhas para bordar: conheça as mais populares

Linhas de amigurumi para bordar

A linha de amigurumi é bem mais grossa. Ela é pra fazer amigurumi, ou seja, para fazer crochê. Em certos trabalhos de bordado livre ela funciona muito bem, por ser mais grossa é recomendado usa-la para dar mais textura para isso é recomendado usar o ponto cicatriz.

Então o que eu costumo muito dizer é usar o bordado livre para experimentar, se você ficou encantado com uma linha ou com um material, usa e experimente.

Linhas de carretel de costura a mão

Além das opções tradicionais de linha de bordado, como Mouliné e Perlé, você também pode explorar uma abordagem alternativa usando linhas de carretel de costura à mão. Essa técnica permite uma maior flexibilidade no controle da textura e do tamanho dos pontos, resultando em bordados únicos e encantadores.

As linhas de carretel de costura são naturalmente mais finas do que as linhas de bordado convencionais. Isso significa que, ao bordar com elas, você terá a oportunidade de criar detalhes mais delicados e sutis em suas criações. No entanto, a abordagem para usar essas linhas é diferente daquelas que normalmente se aplicam às linhas de bordado tradicionais.

Em vez de separar os fios individuais como você faria com o Mouliné, ao bordar com as linhas de carretel, você vai juntar vários fiozinhos juntos. Esse processo permite que você crie uma textura mais espessa e preencha a área de maneira mais uniforme. À medida que você passa a agulha através do tecido, a mistura de fios se entrelaça, criando um efeito visual e tátil único.

A grande vantagem de bordar com linhas de carretel é a capacidade de controlar a espessura e a textura dos pontos de acordo com suas preferências criativas. Ao adicionar ou remover fios, você pode ajustar a densidade dos pontos, criando áreas mais preenchidas e outras mais delicadas. Essa flexibilidade permite que você crie um efeito de sombreamento e uma variedade de padrões texturizados que seriam mais difíceis de alcançar com outras linhas de bordado.

Conclusão

Por fim pessoal, o meu grande incentivo para vocês é experimente. Espero que vocês tenham gostado dessa dica de hoje sobre a melhor linha para bordar a mão. Agora vocês podem começar a abordar com essa dica. Deixe um comentário abaixo me contando o que achou ou se você tem alguma dúvida ou sugestão. Eu gosto muito de receber o feedback de vocês, e ficarei feliz em ajudá-los no que for preciso.

Até a próxima! E bom bodados a todos.

COMPARTILHAR

1 comentário em “Melhor linha para bordar a mão”

  1. Léa, parabéns pela explicação tão minuciosa e esclarecedora. Estou começando aprender a bordar e me esclareceu muitas dúvidas de iniciante.
    Vi que este post é do ano passado, mas mesmo assim quis vir aqui para te parabenizar e dizer que me inspirou mais ainda.

    Muito obrigada.

    Márcia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *