Pular para o conteúdo
Início » Trilho de Margaridas em Crochê: Uma Peça Feita com Carinho

Trilho de Margaridas em Crochê: Uma Peça Feita com Carinho

Em meio ao vasto universo do artesanato, o crochê se destaca como uma técnica milenar que atravessa gerações, conectando histórias através de cada laçada. Portanto, é com imenso prazer que trazemos para você, amante do artesanato, um guia completo para criar uma peça singular e encantadora: o trilho de margaridas em crochê. Este projeto, além de ser uma ótima maneira de decorar seu lar, carrega em cada ponto o afeto e a dedicação de quem o faz.

Primeiramente, é importante mencionar que este trilho de margaridas não é apenas um item decorativo, mas um símbolo de carinho e atenção aos detalhes. Desse modo, vamos mergulhar no processo criativo, proporcionando todas as instruções necessárias para que você possa confeccionar esta peça com maestria.

Não desperdice tempo! Digite seu endereço de e-mail abaixo e desfrute das melhores orientações sobre bordados, ponto cruz e muitas outras informações fascinantes do universo do artesanato.

Veja também: Decore Sua Mesa com o Trilho de Mesa em Crochê Flor da Manhã

Materiais para Fazer o Trilho de Margaridas em Crochê

Para dar vida a este maravilhoso trilho de margaridas, você precisará dos seguintes materiais:

  • 2 novelos de Duna 100g na cor 8801 (amarelo);
  • 1 novelo de Duna 100g na cor 9059 (branco);
  • 2 novelos de Duna 100g na cor 9172 (mescla azul);
  • Agulha de Crochê apropriada para o fio escolhido.

Abreviações Utilizadas

Antes de mais nada, familiarize-se com as abreviações que utilizaremos:

  • carr: carreira;
  • corr: corrente;
  • pbxmo: ponto baixíssimo;
  • pb: ponto baixo;
  • pa: ponto alto.

Passo a Passo da Execução do Trilho de Margaridas em Crochê

Motivos das Margaridas

Com a cor amarela (8801):

  • 1ª carr: Dentro de um anel mágico, faça 3 correntes para subir e mais 11 pontos altos dentro do círculo. Finalize juntando com um ponto baixíssimo.
  • 2ª carr: Comece com 3 correntes para subir, faça 1 ponto alto no mesmo ponto de base, seguido de 2 pontos altos em cada ponto alto anterior. Encerre com um ponto baixíssimo e arremate.

Transição para o branco (9059):

  • 3ª carr: Inicie com 1 ponto baixo em um dos pontos altos anteriores, faça 10 correntes, realize 1 ponto alto na 5ª corrente a partir da agulha, seguido de 1 ponto alto em cada corrente restante. Pule 1 ponto alto de base e repita o processo até o final da carreira. Feche com um ponto baixíssimo e arremate.

Mudando para o mescla azul (9172):

  • 4ª carr: Execute 2 pontos baixos na lateral das correntes da pétala, seguido de 6 correntes. Repita esse processo em cada pétala até o final da carreira e feche com um ponto baixíssimo.
  • 5ª carr: Faça 6 correntes para subir, seguido de 1 ponto alto em cada um dos próximos 16 pontos de base. Continue conforme o padrão estabelecido, finalizando a carreira com um ponto baixíssimo na 3ª corrente inicial.
  • 6ª carr: Prossiga com 3 correntes para subir, alternando entre pontos altos e correntes conforme descrito, até o final da carreira. Feche com um ponto baixíssimo.
  • 7ª carr: Mantenha o padrão de pontos altos e correntes, finalizando com um ponto baixíssimo e arremate.

Unindo os Motivos:
Una os motivos costurando-os pelas alças de trás, formando o trilho.

Finalização com Barrado

Usando o branco (9059) novamente:

  • Inicie com um ponto baixíssimo em qualquer corrente, faça 6 correntes para subir e execute 3 pontos altos nas laterais das 3 primeiras correntes. Siga o padrão até o final da carreira, fechando com um ponto baixíssimo. Arremate.

Artesã: Heloisa Mazoni

Dicas Extras para o Trilho de Margaridas em Crochê

  • Ao escolher as cores para seu trilho de margaridas, considere a paleta de cores do ambiente onde ele será colocado. Isso garantirá que a peça complemente a decoração de forma harmoniosa.
  • Lembre-se de bloquear sua peça ao finalizar, umedecendo-a levemente e esticando-a sobre uma superfície plana até secar, para que adquira o formato desejado.

Talvez você possa gostar de conhecer:

Conclusão

Portanto, esperamos que este guia detalhado inspire você a criar seu próprio trilho de margaridas em crochê, uma peça feita com carinho, que sem dúvida alguma, adicionará um toque especial e aconchegante ao seu lar

Além disso, encorajamos a compartilhar suas criações nas redes sociais. Confira meu perfil no Pinterest para explorar uma vasta coleção de novidades e inspirações encantadoras em crochê.

Enfim, o artesanato em crochê oferece uma oportunidade única de expressão criativa e conexão, então, por que não aproveitar esse momento para aprender, criar e, claro, compartilhar sua arte com o mundo?

COMPARTILHAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *